in

5 misturas de produtos de limpeza que podem afetar drasticamente a sua saúde

Toda dona de casa tenta fazer de tudo para dar conta das tarefas de casa, filhos e trabalho, porém isso não é nada fácil. Por isso, muitas delas procuram aquelas dicas que possam facilitar a sua rotina, e recorrem aos famosos truques de limpeza.

Porém, por falta de conhecimento e informação elas acabam ficando em grande situação de perigo, e é isso que acontece quando alguns produtos de limpeza são misturados, mesmo tentando facilitar e obter resultados positivos, esse tipo de mistura pode acabar gerando substâncias altamente perigosas e tóxicas para a sua saúde.

Mesmo que os dois produtos que você deseja usar seja capaz de oferecer resultados maravilhosos sozinhos, isso não significa que misturar os dois vai potencializar seus resultados.  Pelo contrário, misturar dois ingredientes pode causar a anulação das propriedades da limpeza dos produtos, causando vários danos a sua saúde e podendo causar uma explosão.

Para que você consiga evitar certos tipos de problemas, veja quais são as 5 misturas de produtos de limpeza que você deve evitar:

Desinfetante + água sanitária

Essa misturinha é mágica e parece ser inofensiva, não é mesmo? Esses dois produtos costumam estar presentes na casa de todas as donas de casa e oferecem ótimos resultados quando são utilizados sozinhos na faxina do lar, mas saiba que a sua mistura é altamente perigosa.

A água sanitária possui como ingrediente principal o hipoclorito de sódio, que tem propriedades germicidas e pode ser utilizado também como um excelente alvejante de roupas. Já os desinfetantes, são ricos em amônia. Quando essas duas propriedades são misturadas, acontece a formação de cloroaminas, substâncias que, se inaladas, podem acarretar sérios problemas de saúde que vão desde intoxicações, queimaduras e graves alergias respiratórias.

Detergente + Água sanitária

Assim como os desinfetantes, os detergentes também podem transportar aminas em sua formulação. Quando você mistura o detergente com a água sanitária leva à formulação das cloroaminas, que costumam causar sérios prejuízos para as vias respiratórias.

Necessitamos destacar que, essa mistura pode acontecer sem que percebemos e, naquele momento em que limpamos a pia, logo após lavar a louça sem se preocupar com os resquícios de detergente que costuma ficar dentro da cuba. Por isso, fique atenta e sempre procure eliminar qualquer vestígio de detergente da pia antes de aplicar a água sanitária.

Vinagre + Água sanitária

Costumamos utilizar o vinagre para temperar nossas saladas, porém o líquido se tornou um poderoso aliado na realização da limpeza de nossas casas.  Suas propriedades realmente colaboram com a faxina, mas se você decidir misturá-la com a água sanitária, isso pode se tornar um grande perigo para a sua saúde.

Quando combinamos os dois produtos, eles formam o gás cloro (CI2), produzindo um vapor amarelo-esverdeado que, mesmo inalado em pequenas quantidades, pode oferecer tosse forte por irritar as vias respiratórias, ardências nos olhos e sérios problemas de respiração, por isso é aconselhável usar os dois produtos separadamente.

Água oxigenada + Vinagre

Mesmo parecendo uma mistura completamente prática e inofensiva, quando você une esses dois elementos faz com que a formação de ácido peracético se forme, o que em grande concentração pode oferecer irritações na pele, no sistema respiratório e nos olhos.

Esse ácido pode ser encontrado facilmente em lojas que comercializam produtos químicos, porém a tampa de sua embalagem deve ser equipada com uma válvula especial, fazendo com que a soltura do oxigênio seja controlada, saindo só à quantidade exata.

Isso significa que, se você decidir misturar a água oxigenada com o vinagre, e depois guardar a mistura dentro de um recipiente comum, hermeticamente fechado, a liberação desse oxigênio poderá aumentar consideravelmente a pressão interna, o que ocorrerá o rompimento do frasco. Isso demonstra o quão forte essa mistura é, por isso deve ser evitada na hora de realizar a limpeza de seu lar.

Vinagre + Bicarbonato de sódio

Se você já presenciou alguns experimentos químicos, certamente já viu aquele vulcão que entrava em erupção quando era misturado vinagre e bicarbonato de sódio. Depois que essa mistura é formada, a espuma e o dióxido de carbono formado consegue escapar, por isso ela não se torna uma combinação tão perigosa, porém ela pode ocasionar uma explosão, principalmente se for realizada em um recipiente fechado.

Além disso, como o vinagre é um elemento altamente ácido e o bicarbonato de sódio é uma substância básica, a mistura dos dois componentes resulta em água e um sal com o nome de acetato de sódio, ou seja, unindo os dois você automaticamente perde as propriedades de limpeza que os dois produtos têm.

O aconselhado é que você jamais misture dois produtos de limpeza, nem mesmo aqueles que pertencem à mesma espécie e que sejam de marcas diferentes. Vale a pena destacar que, é importante manter todos os seus produtos de limpeza longe do alcance dos animais domésticos e crianças, jamais reutilizando ou tirando seus produtos de limpeza da embalagem original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 atores globais que morreram cedo demais e deixaram muitas saudades

7 brindes que certamente você sempre desejou colecionar na sua infância