in

Rejeitado por ser “muito feio”, ele foi adotado por uma família milionária; Veja 25 anos depois

Para uma criança que possui sua aparência física normal, é péssimo se sentir excluída e discriminada, agora pare para pensar sobre uma criança que não possui uma aparência convencional, como ela se sentiria caso fosse excluída, com certeza nem um pouco bem, além de causar um certo trauma.

A história que será contada aqui, é extremamente emocionante é um exemplo de superação das dificuldades que a vida trouxe para o garotinho.

Em seus primeiros dias de vida, ele já foi deixado em um orfanato por conta de sua aparência peculiar, mas o destino quis que ele encontrasse um anjo que proporcionaria uma infância feliz e uma chegada a vida adulta de maneira tranquila.

O anjo falado anteriormente era uma moradora da cidade de Yorkshire, a escritora Jane Lancaster, que amou seu filho desde o princípio, sem dar importância a sua aparência. 

Desde quando era jovem, ela sonhava em ter um filho e o momento que encontrou o garoto, sabia que ele seria seu filho.

O garoto possui uma rara síndrome denominada Treacher Collins, o que traz a ausência de músculos faciais, porém mesmo tendo essa ausência, o garoto cresceu com a ajuda psicológica necessária e agora é casado, possui filhos e uma vida muito feliz, ganhando a vida dando palestras motivacionais pelo mundo inteiro.

É uma incrível história de superação, não é mesmo? Devemos nos inspirar nela para que façamos a mesma coisa nos assuntos que nos envolvem.

Conta para gente o que achou através dos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

‘O reality ficou mais leve’, disse Andréa após a saída de Tati

Ex-Chiquititas beija homem de 31 anos em reality e deixa os fãs chocados