in ,

Se você tem entre 15 e 55 anos, deve ler isso

Quando se trata de corpo, as mulheres passam por mais mudanças do que os homens e enfrentar cada uma delas é uma tarefa muito difícil. As mudanças físicas ocorrem principalmente na menopausa e na puberdade.

No entanto, todas as pessoas conseguem perceber as mudanças físicas que ocorrem no corpo das mulheres, mas muitas vezes não percebem as mudanças emocionais e principalmente hormonais.

A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) afeta cerca de 20% da população feminina e acarreta em diversos sintomas, como aumento de pêlos, acne e esterilidade.

Se você acha que tem essa síndrome (procure um ginecologista de confiança) ou já foi diagnosticada com ela, não se desespere. Apesar de não ter cura, existem formas para ser controlada.

Mas afinal, o que é a síndrome?

A SOP é uma doença endócrina, que acontece quando a mulher tem um alto nível de hormônios masculinos. Ela pode ser causada por fatores genéticos ou pelo meio em que se vive, mas tem difícil diagnóstico por ter muitos sintomas.

Algumas pesquisas sugerem que a SOP está ligada diretamente aos níveis de insulina presentes no corpo, pois essa condição afetou até 20% das mulheres já diagnosticadas com a doença.

Os principais sintomas são:

-Menstruação irregular;

-Ganho de peso;

-Infertilidade;

-Acne.

O tratamento para a SOP consiste em mudar a alimentação, praticar exercícios e, obviamente, ir a um médico especializado. A maioria deles receita anticoncepcionais que desaparecem com os sintomas da doença, mas ele não tem o poder curativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo relacionamento amoroso passa por 5 estágios e a maioria acaba no 3°

Ela perdeu 96 quilos e agora é chamada de Pamela Anderson; Veja as fotos